escort ankara bayan escort bayan ankara escort bayan bayan escort ankara escort bayan ankara

A maravilhosa graça de Deus
 

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

A maravilhosa graça de Deus

Pr. Itamir Neves

Texto: Tito 2.11-15

Este é um texto precioso! Paulo mostra as razões pelas quais, de modo geral, os cristãos deveriam viver de acordo com a sã doutrina.

Além dos cristãos viverem: 1) Para que a Palavra de Deus não seja difamada (v. 5); 2) Para que o adversário seja envergonhado, não tendo do que acusar os cristãos (v. 8); e, 3) Para que a doutrina de Deus, nosso Salvador, seja embelezada (v. 10), devem ter um motivo muito maior para viverem de modo diferenciado. A razão pela qual devemos viver novas vidas é que fomos atingidos pela graça de Deus. Essa maravilhosa graça, como diz o título e a letra de um antigo hino cristão, é que nos fez mudar de vida. Diante dessa verdade, todo cristão deve apresentar um viver coerente com a manifestação da maravilhosa graça de Deus que o transformou.

Nesses versos encontramos três verdades fundamentais sobre a maravilhosa graça de Deus que nos transformou.

A primeira verdade aponta para as características da maravilhosa graça de Deus (v. 11). Essa graça é de Deus, e foi originada na eternidade. Deus é gracioso deste a eternidade. Ela foi manifestada, e todos podem reconhecê-la. Ela não ficou incógnita aos homens. Essa graça é salvadora, graça especificamente salvadora, não a graça comum, isto é, não é o ar que respiramos ou vida, mas a salvação. A graça divina é universal, e todos em qualquer tempo ou lugar podem recebê-la. Não é de algum povo em particular, nem está restrita a alguma época. Essa graça só é experimentada em Jesus Cristo. É em Jesus que provamos a maravilhosa graça de Deus.

A segunda verdade aponta para a personificação da maravilhosa graça de Deus (vv.13-14). Esta graça é experimentada em Jesus Cristo. Ela não é uma graça abstrata ou conceitual, mas está personificada em Jesus. Por isso, Jesus é o nosso grande Deus. Ele é o nosso Salvador, que se deu por nós. É ele quem purifica e separa, para si, um povo exclusivamente seu. Jesus é quem purifica e separa, para si, um povo zeloso de boas obras (conf. Atos 10.38). Tudo isso acontece porque é ele quem nos redime de toda a impiedade. Jesus é a personificação absoluta da graça divina. Não são atos litúrgicos nem nossa religiosidade, nem mesmo nossa fé. É Jesus Cristo.

A terceira verdade aponta para a finalidade da maravilhosa graça de Deus (vv. 12-13). Mas, para que a graça? Qual a sua finalidade, em termos de objetivos para nossas vidas?

O Senhor deseja que rejeitemos toda a impiedade e paixões mundanas. Ele quer que vivamos sensatamente, que vivamos justamente, que vivamos piedosamente. Enfim, o Senhor deseja que vivamos aguardando a bendita esperança e a manifestação da glória de Cristo.

A graça não é para recebermos a salvação e após seu recebimento viver uma vida sem propósitos. Há propósitos e eles estão bem claros nas orientações da Palavra de Deus. Esta é a síntese dos propósitos: uma vida que glorifique ao Senhor.

Deus demonstrou sua graça para com a humanidade enviando seu Filho para morrer na cruz. Jesus morreu para redimir os homens de sua iniqüidade, assim provendo para ele mesmo um povo especial purificado e zeloso das boas obras (Ef 5.25-27). A mensagem do evangelho é que podemos tornar-nos parte deste povo especial se recebermos essa maravilhosa graça, deixarmos a impiedade e as paixões pecaminosas do mundo e vivermos de acordo com a sã doutrina. Você já experimentou a maravilhosa graça de Deus em sua vida? Você tem vivido de modo diferenciado? Que o Senhor lhe abençoe na avaliação da sua vida cristã.

Você está aqui: Devocionais Pr. Itamir Neves A maravilhosa graça de Deus